Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

English Español
A- A+

Sistema de Informações e Indicadores Culturais

Sistema de Informações e Indicadores Culturais 2003-2005


Em 2004, o IBGE celebrou convênio com o Ministério da Cultura para desenvolver uma base consistente e contínua de informações relacionadas ao setor cultural e construir indicadores culturais de modo a fomentar estudos, pesquisas e publicações, fornecendo aos órgãos governamentais e privados subsídios para o planejamento e a tomada de decisão e, aos usuários em geral, informações para estudos setoriais mais aprofundados. Como fruto dessa parceria, foi divulgado um estudo com base nas estatísticas sobre a produção (oferta) de bens e serviços, os gastos (demanda) das famílias e do governo, e as características da mão-de-obra ocupada (emprego) desse setor, produzidas pelo IBGE. Para tal, foram consolidados os resultados de sete bases de dados regularmente produzidas pela Instituição, tendo como referência o ano de 2003: Cadastro Central de Empresas, Pesquisa Industrial Anual - Empresa, Pesquisa Anual de Comércio, Pesquisa Anual de Serviços, Pesquisa de Orçamentos Familiares, Estatísticas Econômicas da Administração Pública e Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios.

Dando continuidade a esse projeto, o IBGE traz a público os resultados do mais recente estudo realizado sobre o tema, cujo foco é o período 2003-2005.

São apresentados, nesta publicação, os aspectos metodológicos relativos à descrição e classificação das atividades econômicas direta ou indiretamente relacionadas à cultura e a sua correspondência com a Classificação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE 1.0; as principais características das pesquisas utilizadas como fontes; e uma análise dos indicadores selecionados para delimitação desse setor produtivo. Esta análise evidencia não só os aspectos econômicos da produção de bens e serviços culturais, como as despesas orçamentárias do governo com a administração, operação e suporte dos órgãos de cultura no País, a posse, pelas famílias, de bens duráveis relacionados à cultura e, também, o perfil socioeconômico da população ocupada em atividades culturais. A publicação inclui, ainda, um glossário com os conceitos considerados relevantes para a compreensão dos resultados.

O conjunto dessas informações também está disponível no CD-ROM que acompanha a publicação.

O Sistema de Informações e Indicadores Culturais revela as diferentes faces da cultura no País e contribui para o desenvolvimento de análises da dimensão socioeconômica desse segmento.